sábado, 29 de agosto de 2015

Para esquecer a Copa do Brasil e focar no G4...

Belém, PA, (AFI) - O Paysandu não engoliu até agora a eliminação na Copa do Brasil para oFluminense, mas tem que colocar a cabeça no lugar e pensar apenas na partida frente ao Bragantino para seguir brigando por uma vaga entre os quatro primeiros colocados. A partida acontecerá neste sábado, às 16h30, no Estádio Mangueirão, em Belém (PA), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.
O Papão vive uma grande fase na competição. Yago Pikachu vem comendo a bola e o clube, que soma duas vitórias seguidas, está perto do G4. O Paysandu soma 33 pontos, a um do Sampaio Corrêa, quarto. Com o futebol que vem apresentado, o sonho do acesso é realidade nesta temporada.
O Bragantino, por sua vez, está em uma situação tranquila. O Massa Bruta está no meio da tabela de classificação com poucas chances de acesso, mas também muito longe da zona de rebaixamento. O Massa Bruta tem 28 pontos, a cinco do Boa Esporte, primeiro integrante dentro do descenso.
SEM O "POKEMON"?
O Paysandu vai ter dificuldades para a partida contra o Bragantino. O técnico Dado Cavalcanti não poderá contar com três peças chaves do seu elenco. Jhonnatan está suspenso e é desfalque certo, enquanto que Ricardo Capanema sofreu uma lesão contra o Fluminense e está entregue ao departamento médico. A má notícia, por sua vez, é em torno de Yago Pikachu. Cotado no Flamengo, o lateral tem presença incerta no duelo por estar com dores musculares.

Conforme indicou, Luis Felipe deve assumir o lado direito de campo. Já Augusto Recife assume a vaga deixada por Capanema. Carlinhos fica no lugar de Jhonnatan. Outro que aparece como novidade é Valdivia, que não pôde atuar contra o Fluminense.
“A gente mostrou a nossa força nos nossos três últimos jogos que realizamos, e isso faz com que a gente ganhe mais confiança nas próximas partidas que vamos fazer. O nosso grupo é bem forte e unido, e vamos focados em busca desse nosso acesso ao nosso torcedor”, afirmou o lateral João Lucas.
E O BRAGA?
O volante Everton Dias é o principal desfalque do Bragantino para a partida frente ao Paysandu. O jogador não se recuperou a tempo de uma entorse no tornozelo esquerdo e acabou sendo vetado pelo departamento médico do clube. A expectativa é que o atleta viajasse com o restante do elenco, mas não se concretizou.

“Vontade não me falta. Meu lugar não é aqui no DM, mas sim dentro de campo correndo e ajudando meus companheiros quando a bola está rolando. Mas também não posso ficar me enganando e achar que isso vai acontecer. Estou trabalhando firme para volta o mais rápido possível. A dor ainda é intensa”, explicou Everton Dias.
Com isso, Wagner Lopes deve escalar o mesmo time que acabou derrotando o CRB. A única novidade no time titular pode girar em torno de Jobinho. O atacante voltou bem e pode ganhar a posição. O treinador vai definir a equipe apenas minutos antes da partida.
**Fonte Agencia FutebolInterior

Ficha do Jogo: Paysandu-PA X Bragantino-SP


Paysandu-PA X Bragantino-SP
Campeonato Brasileiro
Série B - 21ª Rodada

Local: Mangueirão (Belém)
Data: 29.08
Hora: 16:30
Ingressos: R$20 e R$40

Arbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao - GO
Auxiliares: Jesmar Benedito Miranda de Paula - GO e Evandro Gomes Ferreira - GO

PAYSANDU
Emerson, Luis Felipe (Yago Pikachu), Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Augusto Recife, Fahel, Carlinhos e Valdívia, Aylon e Leandro Cearense.
Técnico: Dado Cavalcanti

BRAGANTINO
Douglas, Alemão, Leandro Silva, Luan e Moisés, Edson Sitta, Renan, Jocinei e Alan Mineiro, Rodolfo (jobinho) e Lincom.
Técnico: Wagner Lopes

De olho no G-4, Paysandu recebe ascendente Bragantino no Mangueirão

O Paysandu tenta esquecer a eliminação na Copa do Brasil e se focar apenas na Série B, já que o acesso é o principal objetivo da temporada. Já o Bragantino se afasta da zona de rebaixamento e vislumbra a calmaria da parte superior da tabela. É nesse contexto que os clubes se enfrentam neste sábado no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém, a partir das 16h30.
Depois de ser eliminado pelo Fluminense na Copa do Brasil, o Paysandu volta as atenções para a Série B. O desgaste dos confrontos contra o Tricolor tirou de combate peças importantes, como o volante Ricardo Capanema e o zagueiro Thiago Martins. Em apenas dois dias o técnico Dado Cavalcanti teve que remontar a equipe e mexeu inclusive no esquema tático, que deixa de ter três volantes. Depois de vencer o Botafogo no Engenhão no último domingo, o Papão espera mais três pontos na Segundona para retornar ao G-4 – e para isso precisa torcer também por uma combinação de resultados.
Animado com a vitória por 2 a 1 sobre o CRB, de virada, o Bragantino busca a segunda vitória consecutiva na Série B para se aproximar da zona de classificação. Em décimo lugar, com 28 pontos, o Massa Bruta está a seis do Sampaio Corrêa, quarto colocado. Para o embate, o técnico Wagner Lopes tem à disposição o atacante Diego Cardoso, ex-Santos, emprestado ao clube até o fim do ano. Em contrapartida, perdeu o lateral-esquerdo Roberto, que voltou para o Atlético-PR.
Apita a partida o goiano Eduardo Tomaz de Aquino Valadão. Ele será auxiliado pelos conterrâneos e Jesmar Benedito Miranda de Paula e Evandro Gomes Ferreira.
ESCALAÇÔES
Paysandu: o meio campo é o setor mais mexido. Sem Ricardo Capanema e Jhonnatan, Dado abriu mão do esquema com três volantes e aposta nas entradas de Valdívia e Edinho na armação, enquanto Fahel e Augusto Recife compõem a cabeça de área. Pikachu conseguiu treinar e deve ir a campo. Os titulares do Papão devem ser Emerson; Yago Pikachu, Gualberto, Pablo e João Lucas; Augusto Recife, Fahel, Valdívia e Edinho; Aylon e Leandro Cearense.
Bragantino: com a saída do lateral-esquerdo Roberto para o Atlético-PR, o técnico Wagner Lopes deve promover a entrada de Moisés na equipe. O atacante Diego Cardoso, emprestado pelo Santos, também pode ser uma opção para o decorrer da partida. Desta forma, a provável escalação do Massa Bruta é formada por: Douglas; Alemão, Leandro Silva, Luan e Moisés; Edson Sitta, Jocinei, Alan Mineiro e Renan; Rodolfo e Lincom.
**Fonte GloboEsporte/PA

Clássico define o finalista (Sub-20)

Paysandu e Tuna Luso se enfrentam hoje, às 10 horas, na Curuzu, para decidir quem será o representante paraense na decisão da Copa Norte Sub-20. O Papão se classificou em primeiro no Grupo A, enquanto a Águia ficou em segundo no Grupo B. Na outra semifinal, Fast-AM e São Raimundo-RR jogam no Souza pela outra vaga na final. A decisão da Copa Norte Sub-20 está marcada para amanhã, também às 10 horas, na Curuzu.
Com 100% de aproveitamento, o Paysandu marcou 16 gols nos três jogos que disputou, tendo sofrido apenas um gol. Pela ordem, o Papãozinho goleou o São Raimundo-RR por 4 a 1, o Rolim de Moura-RO por 6 a 0 e o Gurupi-TO por outro placar de 6 a 0. A Tuna arrasou com o Vasco-AC na estreia, com uma goleada de 8 a 0. Depois, empatou em 1 a 1 com o Santos-AP e em 2 a 2 com o Fast Club-AM. O time amazonense foi o primeiro colocado do Grupo B.
Em caso de empate no tempo normal, o vencedor será conhecido através de cobranças de penalidades. Gustavo Ramos Melo será o árbitro, com assistências de Dimmi Yuri das Chagas Cardoso e Ederson Brito de Albuquerque
Francisco Vasques
A outra partida semifinal acontecerá no Souza, a partir das 9h30, entre Fast Clube e São Raimundo (RR). A equipe amazonense está invicta, com duas vitórias e um empate, num total de sete pontos ganhos. José Magno Teixeira do Nascimento será o árbitro da partida, com assistências  de: Wanderson Damião dos Santos e Anastácio da Silva Borcem. José Gilberto Guilhermino de Abreu será o delegado da FPF.
**Fonte JAmazonia

O G-4 está logo ali

Papão tenta vencer o Bragantino pela 1ª vez na história para ter chances de voltar ao grupo de elite

Depois da desclassificação da Copa do Brasil, quarta-feira, o Paysandu volta a campo hoje pela competição que mais lhe interessa na temporada, a Série B do Campeonato Brasileiro. Às 16 horas de hoje, o Papão recebe o Bragantino-SP no Mangueirão em busca de encostar no G4. Se vencer, dependendo dos demais resultados, pode inclusive ficar em terceiro lugar. 
Mesmo vindo de derrota na Copa do Brasil, na Segundona o time bicolor vem de duas vitórias, sendo que a última numa atuação muito boa, o placar de 3 a 2 sobre o Botafogo-RJ. O confronto do sexto contra o décimo lugar da Série B reserva um detalhe curioso no retrospecto. Em 23 anos de jogos entre as duas partidas, com sete jogos, seis deles oficiais, o Paysandu nunca conseguiu vencer.
Desde um empate em 1992, Papão e Braga se enfrentaram seis vezes, com cinco vitórias paulistas e um empate. Na última vez em que se enfrentaram, o Bragantino venceu por 1 a 0, na segunda rodada da Série B, em Bragança Paulista (SP), com gol de pênalti. O lance que originou a penalidade aconteceu fora da área. Em 1999, a derrota bicolor mais sentida. O Bragantino venceu em Belém e decretou a queda para a terceira divisão, o que só não se concretizou por conta da virada de mesa do ano seguinte, que resultou na Copa João Havelange.
O maior desfalque é o do volante Ricardo Capanema, que, com uma séria lesão nas costas, ficará afastado dos gramados por dois meses. O também cabeça de área Jhonnatan cumprirá suspensão automática e o zagueiro Thiago Martins foi vetado pelo departamento médico. Augusto Recife, Edinho e Pablo, respectivamente, serão os substitutos.
**Fonte JAmazonia

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Com osso fraturado, Paysandu perde Ricardo Capanema por até dois meses

A lesão que tirou o volante Ricardo Capanema da partida contra o Fluminense, nesta quarta-feira, é mais grave do que se esperava. O jogador foi diagnosticado com uma fratura na região lombar durante os exames realizados nesta quinta-feira, dia 27. De acordo com o médico bicolor, Wilson Fiel, o atleta deverá ficar afastado dos gramados por cerca de dois meses, ou seja, retornando apenas na reta final da Série B.
– Foi uma fratura da vértebra lombar. O tempo de recuperação vai de seis a oito semanas. Ele já iniciou o tratamento e vai precisa de uma imobilização, e inclusive já está imobilizado e deverá ficar assim por umas três semanas. Aí vamos fazer uma avaliação para saber como está a calcificação do osso fraturado – explicou Fiel, por telefone, ao GloboEsporte.com.
Assim, Capanema vira desfalque importante para o restante da temporada. O retorno do volante está estimado para a 32ª rodada da 2ª divisão, contra o Sampaio Corrêa, dia 24 de outubro. E para este sábado, contra o Bragantino, o técnico Dado Cavalcanti tem outra ausência para o setor: Jhonnatan irá cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, o treinador bicolor terá como opções diante do Massa Bruta os volantes Fahel, Augusto Recife, Fernando Aguiar e Gilson Alves.
Pikachu é dúvida
Para a partida deste sábado, o lateral direito Yago Pikachu se tornou dúvida. O jogador foi poupado do treinamento realizado na tarde desta quinta-feira com dores no tornozelo. A contusão incomoda o atleta desde a partida contra o Botafogo, no último domingo, porém as dores se intensificaram após o duelo com o Flu. Ainda de acordo com Wilson Fiel, Pikachu será reavaliado nesta sexta-feira para saber se terá condições de entrar em campo contra o Bragantino
**Fonte GloboEsporte/PA.

Paysandú, 100 Anos de Payxão - trailer oficial


Clássico local na Copa Norte

Paysandu e Tuna fazem semifinal amanhã, na curuzu

Foram conhecidos ontem os quatros times semifinalistas da III Copa Norte Sub-20. O destaque é o clássico paraense envolvendo Paysandu e Tuna Luso. A partida será realizada amanhã, na Curuzu. Outro confronto semifinalista envolverá as equipes do Fast Club (AM) e São Raimundo (RR), no Souza. Os jogos começarão às 9h30. Em caso de empate no tempo normal, os vencedores serão conhecidos através de cobranças de penalidades.  
Os bicolores, que permanecem invictos na competição, somaram nove pontos ganhos na chave “A”, enquanto o São Raimundo, que ficou com a segunda colocação, ganhou seis pontos.  Na chave “B”, a primeira colocação  ficou com Fast Club (AM), com sete pontos, e a Tuna Luso, em segundo lugar, somou cinco pontos.
O presidente da comissão de arbitragem da FPF, José Guilhermino de Abreu, divulga hoje a relação dos árbitros que trabalharão nos jogos de amanhã.
**Fonte JAmazonia

Bronca para Dado resolver

Lesão de Capanema e possibilidade de mais três desfalques obrigam o treinador bicolor a mexer no time

A reapresentação do elenco bicolor foi ontem à tarde, mas somente hoje, de fato, Dado Cavalcanti terá tempo para escolher a equipe que vai encarar o Bragantino-SP amanhã. Com a desclassificação da Copa do Brasil, será a última vez que o comandante bicolor terá motivo para reclamar da falta de tempo. Ele mesmo admite que, entre as consequências da saída do torneio nacional, algumas coisas podem ser aproveitadas em favor do Papão.
“A Série B é a nossa competição, é o que nos resta até o final do ano e é no que nós vamos nos agarrar. Analisando friamente e de forma positiva, a gente sabe que os confrontos contra os adversários que passaram a semana descansando e jogam contra o Paysandu no final de semana não vão mais acontecer (desta forma). Agora, quando o adversário descansa, o Paysandu também descansa”, comentou Dado.
A principal preocupação do técnico é justamente a questão física do grupo. “A derrota não vai interferir em nada (emocionalmente). A preocupação é com os nossos atletas que não entraram 100%. O Carlos Alberto e o Carlinhos não estão 100%, não sabemos o grau da lesão do Ricardo Capanema e também tem o Yago, que se machucou e passou a partida inteira mancando”.
Em contrapartida, ele poderá contar com alguns jogadores que não puderam defender o Paysandu na Copa do Brasil e que vem jogando na Série B, casos do atacante Welinton Júnior e do meia Valdívia.
Acesso - Com 33 pontos, na sexta colocação da Segundona, o comandante bicolor reafirma a ideia de brigar pelo acesso à Série A do Brasileiro até o final. Uma vitória amanhã e uma combinação de resultados pode reconduzir o Paysandu ao G-4. “Nós estamos demonstrando a nossa força, mas a concorrência é grande. Estamos brigando com sete ou oito equipes que têm qualificação para brigar. O que eu posso afirmar sem medo é que estamos na briga pelo acesso”.
Ingressos - Começa hoje a venda dos ingressos para a partida entre Paysandu e Bragantino-SP, que se enfrentam amanhã à tarde, no Mangueirão. A arquibancada custará R$ 20 e a cadeira R$ 40. O Papão vem de duas vitórias seguidas na Série B - Oeste-SP e Botafogo-RJ - e vai em busca da terceira para voltar de vez ao G-4. Os pontos físicos da venda serão as bilheterias da Curuzu, sede social e Parque Shopping. As vendas também acontecem pelo site oficial do clube.
Ontem também ficou definido pela CBF qual o trio de arbitragem para o jogo. O goiano Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, de 37 anos, terá como assistentes Jesmar Benedito Miranda de Paula e Evandro Gomes Ferreira, ambos também de Goiás. O quarto árbitro é o pernambucano José Washington da Silva.
**Fonte JAmazonia

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Papão realizou último treino antes da partida contra o Fluminense

O elenco bicolor realizou seu último treino antes da partida contra o Fluminense-RJ na tarde desta terça-feira (25) no Estádio da Curuzu. O técnico Dado Cavalcanti realizou um trabalho físico e tático com a equipe. A equipe bicolor vem motivada para esta partida, após a vitória fora de casa sobre a equipe do Botafogo-RJ por 3 a 2.
Na coletiva de imprensa, o técnico Dado Cavalcanti falou sobre o equilíbrio que a partida de amanhã terá. “Vai ser um jogo difícil, pois o Fluminense vem aqui em busca da classificação. Sabemos da qualidade da equipe adversária. Tivemos um jogo muito desgastante no domingo passado e agora, com os atletas mais descansados, vamos com força total em busca do nosso resultado que vai nos classificar para as quartas de final”, disse o treinador bicolor.
O goleiro Emerson levantou a cautela da equipe neste jogo, e disse que a torcida vai ser fundamental para apoiar o Paysandu em busca da classificação. “A gente sabe que vai ter um apoio muito grande do nosso torcedor lá no Mangueirão, e pedimos para que ele vá somente com o intuito de nos apoiar, deixando as discussões e as rivalidades de lado. Nós estamos focados e determinados em busca da nossa classificação, e o nosso torcedor será fundamental para o nosso objetivo”, disse o goleiro.
Paysandu e Fluminense se enfrentam às 19h30 no Estádio Mangueirão. Os ingressos para esta partida seguem com a vendas nas bilheterias do Estádio da Curuzu, Sede Social e Parque Shopping. Até o início da noite de hoje (25), cerca de 3 mil ingressos seguem disponíveis para a venda nos postos de venda. No site do Paysandu, somente o setor da torcida visitante segue disponível. 
**Fonte Site Oficial do Paysandu